Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Lembranças de Você (Conto Erótico)

Quinta-feira, 02.12.10

Às vezes me lembro de esta em teus braços sentindo o teu corpo nu a envolver o meu em movimentos sincronizados corpo e membro, membro e corpo.

 

Senti o calor da sua respiração pelo meu corpo carente de prazer, respiração ofegante, cada vez mais acelerada a cada toque que você me dava, lábios sedentos dos teus beijos, sentia-me como uma flor a desabrochar.


 


 

Mãos deslizantes que corriam pelo corpo procurando seu verdadeiro lugar, olhos fechados como se estivesse em um sono profundo em um sonho eterno, o que eu mais queria era te sentir mais um pouco.

 

Entreguei-me  como uma pequena preza em frente ao seu caçador feroz, altivo, compulsivo, superior e foi o que fiz me entreguei sem medo ardendo em desejo, sentir os teus lábios em meu dorso que me fez perder todas as forças.

 


 

Invada-me...

Era o que queria gritar mais estava tão sedenta de mais um pouco do tezão que explodia de você como um leão feroz me dominou sem abrir a guarda, por um instante tentei reagir mais meu corpo não me obedecia queria sentir seus lábios tocando a minha flor e sugando todo mel que nela havia me tirando gemidos extensos e descontrolados.


Deslizava minhas mãos pela extensão das suas costas trilhando caminhos avermelhados que gotejavam sangue e prazer, queria te sentir mais fundo a cada instante e você também sentia isso, em um movimento inesperado joguei-me sobre o teu corpo nu, beijando toda extensão do seu corpo até chegar à fonte de desejo que queimava como brasas.


 

 

 

O beijei de uma forma descontrolada, sugando para a parte de dentro dos meus lábios, tirando gemidos e sussurros de prazer de sua boca, sentir o sabor mais doce em meus lábios que jamais pude provar, queria mais, não conseguia parar era viciante, sentir pulsar em minhas mãos que chegava a se igualar a velocidade da minha respiração que me deixava mais louca de desejo.

Acariciando e beijando assim fiquei, perdi a noção do tempo e só queria uma coisa, queria sentir o teu doce leite em minha boca.

E cada vez mais o acariciava e sugava para minha boca com sede enquanto você segurava o meu cabelo acelerando o ritmo, sentia pulsar cada vez mais forte quando finalmente ganhei a minha tão esperada recompensa.


 

 

 

Sentir o teu gozo em minha boca que escorria pelo meu rosto e gotejavam em meus seios, seus gemidos de tezão me deixou louca de desejo e assim te chupava cada vez mais forte buscando um pouco mais.

Olhando-me nos olhos com um olhar de superioridade o vi colocando suas roupas e depois me dando um beijo na testa ele partiu e passando pela porta nunca mais voltou.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por entrequatroparedes às 15:43


1 comentário

De Tinho a 03.12.2010 às 13:04

Delicia de conto

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Dezembro 2010

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031





comentários recentes